A companhia aérea Aerochaco, propriedade do governo da província argentina de Chaco (norte), começará em outubro a atuar fora do país, com vôos para o Brasil e o Chile via Buenos Aires, anunciou uma fonte oficial.

Para o governador de Chaco, Jorge Capitanich, a companhia pode se tornar "a base do corredor bioceânico que une a cidade chilena de Antofagasta à brasileira São Paulo".

"A Aerochaco será um instrumento de comunicação e integração transversal com o bloco regional, uma ponte entre Brasil, Argentina e Chile, a união entre Atlântico e Pacífico", afirmou Capitanich.

O governador argentino revelou que a Areochaco também está estudando o lançamento de vôos para Florianópolis, Assunção e as cidades bolivianas de La Paz e Santa Cruz de la Sierra.

jos/yw/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.