As exportações brasileiras de multiprocessadores de alimentos estão na mira do governo da presidente Cristina Kirchner. Ontem, a Secretaria de Indústria publicou no Diário Oficial argentino uma resolução que abre processo de investigação sobre uma suposta existência de dumping nas operações de importação dos multiprocessadores de alimentos produzidos no Brasil e na China.

O pedido foi realizado pela empresa argentina de eletrodomésticos Liliana SRL. A companhia reclama que os aparelhos brasileiros e chineses entram no mercado argentino a preços mais baixos que nos mercados de origem.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.