Tamanho do texto

A ArcelorMittal está preparada para reduzir a produção em até 15%, em alguns casos até mais do que isso, para assegurar que a oferta continuará em linha com a demanda mais fraca, disse o CEO Lakshmi Mittal. Ele acrescentou que a siderúrgica já cortou a produção em 15% a 20% na Ucrânia e no Casaquistão, mas ainda não decidiu qual será o porcentual na Europa e nos EUA, onde a demanda está caindo rapidamente.