Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Arcelor-Mittal cortará 650 postos de trabalho em sua fábrica belga

Bruxelas, 12 dez (EFE).- A multinacional siderúrgica Arcelor-Mittal eliminará 650 dos 5.

EFE |

200 postos de trabalho nas unidades de produção e manutenção de sua fábrica de Gante (Bélgica), segundo anunciou hoje.

A direção da Arcelor-Mittal quer evitar demissões forçadas e chegar a um acordo com os sindicatos para desenvolver um plano de aposentadorias antecipadas e saídas voluntárias.

"Nossos funcionários são sumamente importantes, por isso que tentaremos buscar uma solução satisfatória para esta redução de pessoal, considerada necessária para diminuir urgentemente os custos fixos da planta de Gante e garantir sua sobrevivência", segundo explicou na televisão flamenga o porta-voz da multinacional, Jan Cornelis.

A notícia "é uma martelada para os empregados", que não esperavam medidas "tão drásticas", segundo o secretário provincial do sindicato cristão, Wim Sebreghts, que considera que o único ponto positivo é que a direção está disposta a reduzir o pessoal sem demissões forçadas.

A redução de pessoal será realizada durante os próximos três anos. EFE vl/ma

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG