Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

ArcelorMittal alerta para chance de demissões nos EUA, diz jornal

SÃO PAULO - A ArcelorMittal pode eliminar 16% de sua força de trabalho a partir de janeiro por causa da redução na demanda por automóveis, eletrodomésticos e máquinas. A possibilidade foi comunicada pela empresa ao sindicato da categoria, conforme matéria do Wall Street Journal (WSJ).

Valor Online |

A publicação notou que pode ser o maior enxugamento de trabalhadores do setor de aço nos Estados Unidos no atual ambiente de desaquecimento econômico. A ArcelorMittal observou que os cortes não são iminentes, mas deixou o sindicato em alerta que podem ser eliminados 2,444 mil postos de trabalho na planta de aço em Burns Harbor, Indiana.

"As potenciais reduções na força de trabalho são resultado direto de um ambiente econômico extraordinário que estamos enfrentando", declarou o porta-voz da ArcelorMittal, William Steers.

A redução na compra de aço levou a empresa a diminuir sua produção na América do Norte em 40% até ao menos no fim deste ano.

O WSJ recordou que outras empresas do setor de aço anunciaram cortes de pessoal na América do Norte recentemente, como a U.S. Steel Corp. e AK Steel Holding Corp.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG