Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Arbitragem decide que refinaria de Pasadena ficará com Petrobras

RIO (Reuters) - O processo de arbitragem internacional que avaliava o embate entre a Petrobras e sua parceira na refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos, a norte-americana Astra, decidiu que a estatal brasileira deverá ficar com a parte da sócia no ativo. As duas empresas divergiram no meio deste ano sobre o ritmo dos investimentos que deveriam ser feitos para ampliar a unidade, o que levou à arbitragem internacional.

Reuters |

Segundo fonte da Petrobras, no entanto, ainda não foi definido se a estatal comprará a parte da Astra na refinaria que produz 100 mil barris diários.

A Petrobras comprou 50 por cento da refinaria de Pasadena, em Houston, em 2006, por 360 milhões de dólares, e pretendia ampliar sua capacidade para 200 mil barris diários.

"É preciso avaliar, tem um imbróglio jurídico grande", disse a fonte, que preferiu não ser identificada.

(Por Denise Luna)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG