SÃO PAULO - A fabricante de celulose Aracruz informou hoje que concluiu os estudos preliminares para a instalação de uma nova fábrica no município de Governador Valadares, em Minas Gerais. De acordo com a empresa, os estudos indicaram a viabilidade do empreendimento, que terá capacidade de 1,4 milhão de toneladas anuais de celulose e que irá consumir investimentos da ordem de US$ 2,4 bilhões.

A região deverá receber ainda outras duas plantas, segundo adiantou o Valor em reportagem publicada no mês passado. De acordo com a Aracruz, os estudos indicaram que a região de Governador Valadares apresenta condições favoráveis para acolher duas fábricas adicionais, cada uma com capacidade de produção equivalente à da primeira.

Os projetos integram o plano de expansão da Aracruz, que foi turbinado com vistas ao atendimento da demanda chinesa. A empresa pretende elevar sua capacidade de produção das atuais 3,2 milhões de toneladas anuais para 7 milhões de toneladas por ano até 2015.

Diante dos resultados dos estudos, a Aracruz informou que já deu início a medidas visando a ampliação de sua base florestal na região, bem como a obtenção das licenças ambientais necessárias. No entanto, a empresa ressalta que a efetiva implantação do projeto ainda depende da aprovação de seu conselho de administração.

(Murillo Camarotto | Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.