Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Aprovação da gestão Lula atinge 68,8%, a mais alta desde 2003, diz CNT

BRASÍLIA - A avaliação positiva do governo Luiz Inácio Lula da Silva atingiu 68,8% em setembro, o percentual mais alto para a administração do presidente desde 2003 e o mais elevado da pesquisa da Confederação Nacional dos Transportes (CNT) e instituto Sensus, iniciada em julho de 1998. No estudo anterior, datado de abril deste ano, a avaliação positiva correspondeu a 57,5%.

Valor Online |

A parcela dos entrevistados que consideraram o governo Lula como regular caiu de 29,6% para 23,2% entre o estudo de abril e o atual. A avaliação negativa também recuou, de 11,3% para 6,8%.

A análise sobre desempenho pessoal do presidente melhorou - ele foi aprovado por 77,7% dos consultados; em abril, esse percentual equivaleu a 69,3%. O resultado voltou para níveis registrados no primeiro mandato de Lula, perdendo apenas para janeiro de 2003, quando a popularidade do dirigente atingiu seu pico, com 83,6%.

A desaprovação foi verificada por 16,6% dos entrevistados. Em abril, esse percentual ficou em 26,1%.

Para o diretor do instituto Sensus, Ricardo Guedes, o bom desempenho da economia e dos programas sociais ainda são os fundamentos para Lula ter alcançado a maior popularidade de um governante da pesquisa CNT/Sensus.

O levantamento foi realizado entre 15 e 19 deste mês, com 2 mil pessoas em 136 municípios brasileiros de 24 estados. A margem de erro é de 3 pontos, para mais ou para menos.

"(Azelma Rodrigues | Valor Online)"

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG