Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Apreensões de contrabando do Paraguai batem recorde em 2008

Rio de Janeiro, 12 jan (EFE).- A Alfândega brasileira confiscou em 2008 cerca de US$ 81,9 milhões em produtos contrabandeados do Paraguai, o maior valor na história do país, segundo balanço divulgado hoje pela Receita Federal.

EFE |

A quantia, 6% superior à de 2007, pouco inclui apreensões na Ponte de Amizade, principal passagem de fronteira entre os dois países, que une Foz de Iguaçu com à Ciudad del Este, no Paraguai e se trata da principal porta de entrada de produtos de contrabando ao país.

Os veículos lideram a lista de confiscos, com um total de 3.075 unidades apreendidas, no valor de US$ 29,9 milhões, o que equivale a um crescimento de 27% em relação a 2007.

Em segundo lugar ficaram os produtos eletrônicos, com US$ 13,9 milhões e um crescimento de 13% sobre o ano anterior.

O confisco de brinquedos, que vinha caindo desde 2006, somou cerca de US$ 2,6 milhões no ano passado, um aumento de 34%.

As apreensões de cigarros, no entanto, caíram 43% em 2008, ficando em US$ 7,1 milhões.

"A fiscalização em toda a Ponte de Amizade, incluindo as vias vizinhas e hotéis, foi muito rigorosa e por isso o contrabando migrou para a região do Guaíra, no Lago de Itaipu, uma zona mais difícil de controlar", afirmou à Agência Brasil a porta-voz da Receita Federal em a fronteira, Christiane Larcher.

"A Polícia, no entanto, já montou um esquema especial também nesses setores", acrescentou.

Além dos produtos de contrabando, também são comuns Ponte de Amizade as apreensões de drogas como maconha, cocaína e haxixe, assim como de armas e munição. EFE cm/jp

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG