BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva minimizou nesta terça-feira o impacto da crise financeira global no Brasil. Que crise? Vai perguntar para o Bush, disse Lula, ao ser perguntado por jornalistas no Palácio do Planalto sobre a crise que derrubou as bolsas na véspera, levando a Bovespa para a maior queda desde setembro de 2001.

Questionado se a crise global não refletia no país, Lula foi bastante conciso: 'Até agora não'.

(Reportagem de Fernando Exman)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.