Diário Oficial , 117 anos online - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Diário Oficial, 117 anos online

Diário Oficial, 117 anos online Por Juliana Rocha São Paulo, 29 (AE) - A partir desta quarta-feira, as edições de 117 anos de história do Diário Oficial do Estado de São Paulo poderão ser consultadas sem burocracia e gratuitamente no endereço www.imprensaoficial.

Agência Estado |

com.br. Além das pesquisas, também será possível certificar as cópias do conteúdo pela internet afim de que tenham valor legal.

"A Imprensa Oficial nasceu a partir dos ideais da República para democratizar o acesso a informação. Este é o resumo do projeto de digitalização da história do D.O.: visamos valorizar e dar transparência às informações de interesse público", afirma o presidente da Imprensa Oficial, Hubert Alquéres.

O projeto de digitalização das 7 milhões de páginas já editadas desde o lançamento do D.O. em 1891 exigiu três anos e R$ 9 milhões em investimentos para ser concluído. Depois da passagem para o suporte digital, um programa de reconhecimento de caracteres (OCR) foi usado para tornar as imagens compreensíveis para o sistema de buscas por palavras-chave. As edições - que somam 1,126 GB de dados online - estão disponíveis para visualização em formato .PDF.

A facilidade de consulta online aos despachos do poder público paulista estreou em 2006. Mas até o momento apenas alguns serviços - como a leitura das últimas sete edições e a busca por páginas publicadas entre 1891 e 1991 - já eram permitidos sem custo, mediante o preenchimento de um cadastro prévio pelo usuário. A pesquisa pelas edições de 1992 até hoje, por exemplo, custava R$ 12 por hora. Certificar digitalmente a página saía por R$ 3.

"A cobrança é um fator limitante ao acesso. Seguindo as diretrizes do atual governador de São Paulo, José Serra - que pretende tornar o Estado uma referência na oferta de serviços do governo na internet - decidimos liberar as pesquisas ao acervo", diz Alquéres. "Não estamos preocupados com a lucratividade."
Com a abertura de todo o acervo a buscas gratuitas, espera-se um aumento do número de visitas ao portal da Imprensa Oficial. Segundo dados do governo de São Paulo, dos 827 mil acessos ao endereço, 60% são motivados por consultas ao Diário Oficial.

"Nossa expectativa é que o número de visitas dobre em dois anos", diz Alquéres.

O primeiro órgão de imprensa oficial brasileiro a se digitalizar não perde de vista a tradição. A versão impressa continuará a circular e as edições diárias poderão ser vistas na sede da Imprensa Oficial, na Rua da Mooca, 1921, em São Paulo, ou no Poupatempo da Sé.

"Os Diários Oficiais europeus existem, em sua maioria, apenas na internet. Já é assim na Alemanha, na França, no Reino Unido e em Portugal. A Espanha também seguiu por esse caminho e deve tornar seus órgãos de imprensa oficiais exclusivamente digitais a partir de janeiro do ano que vem", afirma Alquéres. "Isso também é uma possibilidade no Brasil, mas irá demorar porque, mesmo em São Paulo, ainda temos problemas de acesso aos computadores e à internet."

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG