Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Após Wall Street e Europa, Bolsas da Ásia têm alta

A alta histórica em Wall Street e os planos dos governos europeus para garantir fundos e recapitalizar os bancos alimentaram fortes ganhos nos mercados asiáticos. As bolsas da região tiveram fechamentos acima de 3%, exceção da China, que contrariou a tendência geral e sucumbiu à realização de lucros - essa é uma possibilidade que analistas consideram passível de ocorrer nos pregões de amanhã nos demais mercados asiáticos.

Agência Estado |

A Bolsa de Hong Kong seguiu no embalo da região. Com moderado volume de negociações, o índice Hang Seng ganhou 520,72 pontos, ou 3,2%, e terminou aos 16.832,88 pontos, com a alta limitada pela realização de lucros.

Os temores sobre a sustentabilidade do rali em Wall Street estimularam a realização de lucros nas empresas chinesas no fim do pregão. Com isso, as Bolsas da China devolveram os ganhos do início da sessão e fecharam em baixa, em contraste com as fortes altas registradas nos demais mercados regionais. Com forte volume de negociações, o índice Xangai Composto caiu 2,7% e encerrou aos 2.017,32 pontos. Já o Shenzhen Composto perdeu 2,2% e terminou aos 529,62 pontos. Yuan - A desvalorização do euro sobre o dólar no mercado europeu fez com que o yuan fechasse em queda em relação à moeda norte-americana no fim do pregão. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,8312 yuans, de 6,8258 yuans do fechamento de segunda-feira.

A Bolsa de Taipé, em Taiwan, se recuperou e apresentou forte alta. O índice Taiwan Weighted ganhou 5,4% e encerrou aos 5.291,56 pontos, após atingir, na véspera, o pior fechamento em mais de cinco anos. Na Bolsa de Seul, na Coréia do Sul, o índice Kospi avançou 6,1% e fechou aos 1.367,69 pontos. Foi a maior alta porcentual desde 14 de fevereiro de 2002. Nas Filipinas, o índice PSE Composto da Bolsa de Manila registrou a maior alta do ano e teve ganho de 7,3%, fechando aos 2.273,65 pontos. Na Austrália, a Bolsa de Sydney fechou com o índice S&P/ASX 200 marcando elevação de 3,7%, aos 4.335,2 pontos.

A Bolsa de Cingapura teve ganhos pela segunda sessão seguida, uma vez que os mercados globais permaneceram otimistas. O índice Straits Times subiu 2,5% e fechou aos 2.128,31 pontos. O mercado indonésio recuperou-se fortemente, dando a pista de que muitos mercados acionários globais reverterão as perdas após a alta das ações nos Estados Unidos ontem. O índice composto da Bolsa de Jacarta subiu 6,4% e fechou aos 1.555,96 pontos. O índice SET da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, ganhou 5,1% e fechou aos 500,77 pontos seguindo a trilha de ganhos dos demais mercados. O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, subiu 1,6% e fechou aos 966,06 pontos, ajudado pelos ganhos recordes em Wall Street e a estabilidade dos mercados regionais. As informações são da Dow Jones

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG