Tamanho do texto

SÃO PAULO - Depois do otimismo registrado ontem na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), os investidores começaram o pregão desta terça-feira mais cautelosos. A Bovespa abriu com leve queda, em seguida ampliada para 3,33%, aos 38.129 pontos.

Já o dólar, por volta de 11h, tinha valorização de 2,12%, cotado a R$ 2,170.

Depois da recuperação de ontem, os agentes financeiros voltam a acompanhar o andamentos das bolsas internacionais nesta terça-feira, sobretudo em Nova York.

Na agenda, consta a divulgação do nível de atividade medido pelo Federal Reserve (Fed) de Chicago no período de agosto, o que pode não ter grande influência paras as transações por ser um dado antigo.

No Brasil, o dólar pode ser influenciado pelo leilão de reservas compromissadas com linhas externas. Do total de US$ 2 bilhões, o BC conseguiu colocar US$ 1,620 bilhão. A autoridade monetária também voltou a agendar um leilão de swap cambial, com 10 mil contratos com vencimento em 1 de dezembro deste ano, a ser feito entre 12h45 e 13h.

Ainda hoje, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, e o presidente do Banco Central (BC) estarão na Comissão Geral da Câmara dos Deputados para debaterem a crise internacional com os deputados.

Mais notícias

Para saber mais

Serviço 

Opinião

    Leia tudo sobre: bovespa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.