Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Após incentivo fiscal, vendas de automóveis crescem 10,6% em dezembro

SÃO PAULO - Em uma reação às medidas de incentivo implementadas pelo governo, as vendas de veículos novos registraram em dezembro do ano passado alta de 10,61% em relação a novembro, interrompendo uma seqüência de duas quedas mensais. No último mês do ano, foram comercializadas 183,92 mil unidades entre veículos de passeio e comerciais leves.

Valor Online |

Na comparação com dezembro de 2007, entretanto, foi registrada queda de importantes 20,49%.

No final do ano passado, o governo temporariamente o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) que incide sobre os automóveis, com vistas a estimular as vendas, o que parece ter ocorrido em dezembro. O incentivo fiscal vale até o fim de março.

Já no acumulado de 2008, dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) mostram a venda de 2,671 milhões de automóveis, alta de 14% em relação a 2007. Apesar do congelamento do mercado observado a partir de setembro, o desempenho dos oito primeiros meses de 2008 garantiu o crescimento das vendas em bases anuais.

Já no segmento de caminhões e ônibus, a queda nas vendas não cessou. De acordo com dados a Fenabrave, foram comercializados em dezembro 8,457 mil caminhões, queda de 10,41% ante o mês anterior. No caso dos ônibus, o recuo foi mais discreto, de 0,59%, para 2,174 mil unidades.

Mesmo assim, o segmento experimentou alta importante no acumulado do ano, também garantida pelo desempenho apresentado até setembro. Em caminhões, houve salto de 24,91% sobre 2007, para 123,28 mil unidades. Já no segmento de ônibus, foi registrado crescimento de 18,89%, com 26,33 mil veículos comercializados.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG