Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Após furacões, Cuba estuda medidas para garantir turismo

Havana, 27 set (EFE).- O ministro de Turismo cubano, Manuel Marrero, disse hoje que o Governo estuda variantes para garantir a estabilidade necessária às provisões destinadas ao setor na próxima temporada de inverno, após a passagem devastadora dos furacões Gustav e Ike pelo país.

EFE |

Marrero disse ainda que os problemas gerados pelos furacões "na diminuição dos rendimentos das colheitas e as produções agropecuárias" incidem na "satisfação dos clientes".

"Hoje estudamos variantes que permitam garantir a estabilidade necessária às provisões que o turismo precisa para a próxima temporada de inverno", assinalou.

"Apesar do impacto dos furacões, continuamos crescendo 13% frente a anos anteriores. "O turismo cubano continuará esse processo e os furacões não impedirão que este ano seja o de maiores crescimentos em termos de turistas", comentou.

O turismo dá a Cuba uma receita bruta anual de mais de US$ 2 bilhões e emprega, direta ou indiretamente, cerca de 300 mil pessoas.

Segundo fontes oficiais, os furacões "Ike" e "Gustav", que assolaram Cuba entre 30 de agosto e 9 de setembro, arrasaram mais de 110 mil hectares de cultivos e destruíram pelo menos 5.300 toneladas de alimentos. EFE arj/rr

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG