Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Após aquisição, BB deve reestruturar seguradora Aliança do Brasil

SÃO PAULO - Poucos dias após anunciar a aquisição do controle total da seguradora Aliança do Brasil, o Banco do Brasil (BB) revelou que deverá implementar mudanças significativas na operação da empresa. Durante apresentação dos resultados referentes ao segundo trimestre deste ano, o presidente do BB, Antonio Francisco Lima Neto, confirmou que uma reestruturação na atividade de seguros do banco está a caminho.

Valor Online |

Sem dar muitos detalhes, o executivo citou apenas algumas idéias do que pode acontecer com a seguradora. "Podemos juntar os setores de vida e previdência; podemos buscar outro segmento (de negócio). Podemos reagrupar a nossa atividade de seguros e agregar maior valor ao Banco do Brasil", disse Lima Neto. "Agora que temos a empresa nas mãos podemos reestruturar", completou.

Um desencontro de visões para o futuro da seguradora foi o que levou a Companhia de Participações Aliança da Bahia a optar por vender ao BB os 60% que detinha no capital votante (30% do total) da Aliança do Brasil. O negócio foi fechado por R$ 670 milhões e o BB passou a deter 100% da seguradora. "A separação não foi litigiosa, foi amigável", ponderou Lima Neto.

Leia tudo sobre: banco do brasil

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG