Depois de subir mais de 3% no começo da tarde, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) parece ter firmado posição em território negativo. A Bovesapa fechou em queda de 3,53%, aos 44.517 pontos e encerrou a semana acumulando perda de 12,33%.

A virada de humor veio inesperadamente com a aprovação do plano de resgate ao setor financeiro pela Câmara dos Representantes (deputados) nos Estados Unidos.

Entre os ativos de maior peso na carteira, Petrobras PN caiu 3,27%, para R$ 31,00; Vale PNA perdeu 1,49%, para a R$ 28,96; BM & FBovespa ON teve queda de 13,69%, para R$ 7,25; Bradesco PN se desvalorizou 5,03%, a R$ 27,35; e Vale ON aumentou 0,58%, para R$ 32,74.

Essa reação inusitada também foi verificada em Wall Street, onde os índices devolveram os ganhos do dia e tiveram a pior semana em sete anos.

Arte/US

Dólar

Em sessão de forte volatilidade, o dólar fechou em alta de mais de 1%, em meio ao nervosismo com crise financeira global mesmo com a aprovação do plano de resgate ao setor financeiro nos Estados Unidos. A moeda norte-americana fechou a R$ 2,046, com valorização de 1,24%.

Durante a sessão, a divisa chegou a subir 2,23%, para R$ 2,066. Na mínima do dia, ela bateu R$ 1,999l, uma queda de 1,09%.

Arte/US

(Com informações da Reuters e Valor Online)

Mais notícias

Para saber mais

Serviço 

Opinião

Leia mais sobre Bovespa - dólar

    Leia tudo sobre: bovespa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.