Após uma ameaça de bomba na sede da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), em São Paulo, o leilão de energia nova que contratará a demanda do mercado para o ano de 2013, denominado A-5, teve início, por volta das 11h45 (de Brasília). Inicialmente, o leilão estava marcado para começar às 10 horas.

Neste momento, a licitação encontra-se na primeira fase, que consiste na oferta da concessão da hidrelétrica Baixo Iguaçu (PR), de 350 megawatts (MW) de capacidade instalada. Participam dessa etapa o consórcio Hidro Naipi (Copel, com 51%, e Eletrosul, 49%), Desenvix, Neoenergia e Triunfo Participações e Investimentos. O preço-teto inicial dessa fase é de R$ 123 o megawatt-hora (Mwh).

Após mais de uma hora interditado, o prédio da CCEE foi liberado pelo Corpo de Bombeiros. Durante a averiguação, não foi encontrada nenhuma bomba, motivo da evacuação do prédio depois de denúncia anônima pouco antes do horário previsto para o início do leilão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.