Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Apesar das altas de Vale e Petrobras, Ibovespa opera em queda

SÃO PAULO - Sem grandes oscilações ao longo desta tarde, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) permanece em baixa no pregão desta sexta-feira, que precede o vencimento de opções sobre ações, que acontece no início da próxima semana. Apesar das altas apresentadas pelas blue chips Vale e Petrobras, o Ibovespa tem dificuldades para superar a barreira dos 70 mil pontos. Há pouco, o índice recuava 0,26%, aos 69.

Valor Online |

702 pontos, com giro financeiro de R$ 4,186 bilhões. O Ibovespa futuro também opera em queda de 0,52%, a 70.130 pontos.

Embora indicadores negativos divulgados nos Estados Unidos estejam pesando sobre o mercado, em Wall Street, as bolsas, que estão voláteis, operam sem rumo definido. Há instantes, o índice Dow Jones subia 0,04%, enquanto Nasdaq recuava 0,03% e S & P 500 se desvalorizava em 0,02%.

Na Europa, as praças acionárias chegaram ao fim da jornada sem um rumo comum. Em Londres, o FTSE-100 fechou com valorização de 0,15%, aos 5.625,65 pontos. O DAX, de Frankfurt, subiu 0,28% e somou 5.945,11 pontos. Em Paris, no entanto, o CAC-40 diminuiu 0,04%, para 3.927,40 pontos.

Nesta semana, o Ibovespa fechou negativo em duas sessões e apresentou ganhos nas outras duas. Até ontem, o índice acumulava apreciação de 1,51%.

Entre os destaques de baixa do Ibovespa, estão os papéis ON da Ultrapar, com queda de 3,03%, a R$ 83,80, os ON da Gafisa, com depreciação de 2,79%, a R$ 13,56, e as ações ON da JBS, com perdas de 2,73%, a R$ 8,88.

No rumo oposto, entre as maiores valorizações do índice, estão as ações ON da Fibria, com ganhos de 2,59%, a R$ 37,13, os papéis PN da Lojas Americanas, com valorização de 2,42%, a R$ 13,95, e os papéis ON da Cosan, com apreciação de 1,15%, a R$ 22,81.

Entre as blue chips, no sentido contrário ao do Ibovespa, as ações PN da Petrobras registram ganhos de 0,37%, a R$ 37,19, e as PNA da Vale sobem 0,08%, a R$ 46,72.

Os papéis da Vale apresentam o maior volume negociado, com giro de R$ 433,7 milhões, seguidos pelas ações da Petrobras, com volume de R$ 382,9 milhões.

Vale lembrar que esta sexta-feira será o último dia de horário diferenciado para a Bolsa. A partir de segunda, o mercado volta a operar em seu horário normal, das 10h às 17h.

(Beatriz Cutait | Valor)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG