Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Apagão deixa grande parte da Venezuela sem luz

Um apagão deixou neste domingo grande parte do território venezuelano sem luz, e até o momento as causas do corte de energia não são conhecidas, informou à imprenss ao presidente da Companhia Nacional Elétrica. Hipólito Izquierdo.

AFP |

O chefe de operações dos Bombeiros Metropolitanos, Delio Martínez, indicou que a falha elétrica obrigou à evacuação e o fechamento temporamento dos serviços do metrô em Caracas, mas que a situação na capital é de normalidade e sem informes de vítimas.

O apagão afetou Caracas e os estados de Aragua, Lara, Guárico, Cojedes e parcialmente os de Táchira, Trujillo, Mérida, Zulia, Falcón e Sucre, abarcando a região central de ocidental do país.

Izquierdo informou que o corte de energia se deveu a uma falha do sistema 800 da linha procedente da central hidrelétrica de Guri, que fornece 70% da energia que é consumida na Venezuela.

"Já estamos trabalhando no restabelecimento do serviço, não há nenhuma causa do ponto de vista técnico para que esta falha tenha acontecido no dia de hoje, em que a demanda elétrica é baixa, e isso nos preocupa e estranhamos que tenha acontecida", enfatizou.

O funcionário, que não descarto a possibilidade de uma sabotagem no sistema de transmissão e distribuição elétrica, disse que o serviço será restabelecido paulatinamente nas próximas horas.

Este é o terceiro apagão de grande magnitude que se registra no país nos últimos seis meses e o presidente venezuelano, Hugo Chávez, denunciou no início de setembro que as falhas se deviam ao sistema elétrico nacional obsoleto, "um dos problemas que seu governo herdou".

O Estado venezuelano assumiu o controle do serviço elétrico em 2007, quando o setor foi estatizado.

Leia mais sobre: Venezuela

Leia tudo sobre: venezuela

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG