Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Anúncio de BB-Nossa Caixa sai na volta de Lula

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse ontem que só quando retornar a Brasília, na próxima semana, deverá ser concluída a negociação em torno da compra da Nossa Caixa pelo Banco do Brasil. Vou ter uma conversa com o ministro Guido Mantega (Fazenda), o governador (José) Serra e o Banco do Brasil para saber se há possibilidade, afirmou, em entrevista na Embaixada do Brasil em Roma, antes de seguir para o encontro do G-20, em Washington.

Agência Estado |

Lula quer se encontrar pessoalmente com o governador paulista. A expectativa é que esse encontro ocorra na segunda-feira, quando Lula estará em São Paulo para a abertura da Exposição Internacional de biocombustíveis.

A negociação está "bem adiantada", segundo integrantes da comitiva de Lula. "Se for um negócio de interesse do Banco do Brasil e se tivermos recursos, que seja feito", disse. "Trata-se de um negócio. A economia está tão vulnerável que, com uma notícia dessa, ou qualquer coisa aí, a bolsa (de valores) já sobe ou desce."
Ele disse também que o desejo do governo paulista de receber mais em dinheiro do que em títulos ainda está sendo analisado. "Primeiro, é preciso saber se nós temos (dinheiro)", afirmou.

Os acertos da engenharia financeira para a conclusão do negócio serão submetidos à Lula. A orientação é que "não se deve cometer loucura e não se deve pagar pela instituição mais que seu preço de mercado". Esse é o ponto central que será negociado entre Lula e Serra.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG