Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Anheuser-Busch entra com ação judicial contra a InBev

A companhia de bebidas norte-americana Anheuser-Busch entrou com uma ação judicial contra a cervejaria belgo-brasileira InBev, alegando que a proposta de compra feita pela controladora da AmBev é ilegal e que a oferta de US$ 65,00 por ação é um preço de pechincha. Douglas Kraus, do escritório de advocacia Skadden, Arps, Slate, Meagher & Flom LLP, designado na ação como conselheiro externo, confirmou que o processo foi aberto ontem.

Agência Estado |

Um porta-voz da Anheuser confirmou que a empresa tem trabalhado com Kraus. No processo, aberto na Corte Distrital de Saint Louis (EUA), a Anheuser-Busch acusa a InBev de tentar, por meio de "conduta enganosa", assumir o controle da cervejaria norte-americana.

A Anheuser-Busch queixa-se de que a InBev fez "numerosos comunicados falsos e enganosos" com a oferta, particularmente em relação ao financiamento. Dada a condição atual dos mercados de crédito, diz a ação judicial, "nenhum grupo de financiadores concordaria incondicionalmente em emprestar à InBev os US$ 40 bilhões de que ela necessitará".

A InBev pediu formalmente hoje que a Anheuser-Busch fixe uma data de registro para determinar quais acionistas terão consentimento para responder à solicitação feita pela cervejaria belgo-brasileira.

De acordo com um documento submetido ao órgão regulador do mercado de ações dos Estados Unidos (Securities and Exchange Commission, SEC), a InBev pretende pedir consentimentos por escrito dos acionistas, para entre outras coisas, destituir os atuais conselheiros da Anheuser-Busch e eleger seus próprios indicados. As informações são da Dow Jones.

Leia mis sobre Anheuser-Busch - Inbev

Leia tudo sobre: anheuser-buschcervejariainbev

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG