Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Angra 2 tem bom desempenho em ranking de usinas

Angra 2 apresentou um desempenho de destaque no ranking elaborado pela Associação Mundial de Operadores Nucleares (Wano, na sigla em inglês), informou hoje nota da assessoria da Eletronuclear. A usina esteve acima da média em oito dos 13 parâmetros usados para comparar o desempenho de unidades semelhantes, que além das alemãs inclui Borselle, na Holanda, Goesgen, na Suíça, e Trillo, na Espanha.

Agência Estado |

Os números referem-se aos últimos três anos. Em três dos índices, a usina brasileira apresentou o melhor desempenho em sua categoria.

Segundo a nota da Eletronuclear, o objetivo do acompanhamento da Wano é avaliar o grau de disponibilidade e de segurança das usinas em todo o mundo e, também, indicar eventuais necessidades de ajustes para uma melhoria geral do desempenho. A entidade desenvolveu um conjunto de indicadores específicos para cada tipo de usina, cujo modo de cálculo é padronizado para possibilitar a comparação. A avaliação dos índices é feita mensalmente pelas operadoras e enviada para a Wano, que estabelece metas para o programa.

Em relação ao item segurança industrial, Angra 2 está no grupo com melhor performance em todos os períodos avaliados. Quando se trata de eventos envolvendo a rede elétrica externa, a usina também obteve os melhores indicadores de desempenho nos últimos três anos.

Dos cinco indicadores em que Angra 2 ficou abaixo da média no período de 36 meses, em três (Performance do Sistema de Injeção de Segurança, Performance dos Geradores Diesel e Indicador Químico) as ações de melhoria já surtiram efeito e já estão acima da média nos períodos mais recentes. Os índices de Taxa de Paradas Forçadas e Desligamento Automático, porém, ainda estão abaixo da média. Para melhorar esses índices, segundo a nota, a Eletronuclear está dando ênfase ao programa de manutenção preventiva, além da modernização de equipamentos, utilizando a experiência operacional de outras usinas. A expectativa da empresa é que, nestes dois últimos quesitos, Angra 2 atinja a média ou fique acima dela até o final deste ano.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG