Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Anglo American corta orçamento de 2009 em mais de 50%

SÃO PAULO - A mineradora sul-africana Anglo American informou hoje que cortou seu orçamento de 2009 em mais de 50%, para US$ 4,5 bilhões. O valor é menor do que o previsto para ser desembolsado neste ano.

Valor Online |

A empresa afirmou que a indústria da mineração tem experimentado um período sem precedentes, de queda rápida nos preços das commodities, em razão das incertezas acerca da economia global.

" Circunstâncias semelhantes apresentam uma série de pontos de vista distintos e uma clara necessidade de ajuste nos planos de investimento do grupo " , disse a companhia, que espera manter no próximo ano o mesmo volume de produção de metais básicos observado em 2008. A única exceção é o cobre, cuja produção deve crescer 5% em relação a este calendário.

Para a produção de minério de ferro em Kumba, na África do Sul, é esperado um aumento de 10% perante 2008. Por aqui, no entanto, o projeto Minas-Rio deverá atrasar entre seis meses e 12 meses, com início de produção esperado para o fim de 2011 ou começo de 2012.

Ainda segundo a empresa, a produção de carvão metalúrgico também deve registrar níveis menores no próximo exercício.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG