Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Anfavea reduz projeção de alta nas vendas em 2008 de 24% para 14%

SÃO PAULO - Diante da queda abrupta de desempenho registrada nos dois últimos meses, a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) revisou para baixo suas projeções para o setor em 2008 a pouco mais de 25 dias do final do exercício. Agora, a entidade espera vendas internas de 2,815 milhões de veículos, uma alta de 14,3% sobre 2007. A estimativa anterior dava conta de um crescimento de 24,2%, com 3,06 milhões de unidades vendidas.

Valor Online |



No caso da produção, a perspectiva de crescimento anual caiu de 15% para 8,8%, com 3,24 milhões de veículos. Já para as exportações é esperado agora um montante de US$ 13,7 bilhões, contra US$ 14,5 bilhões projetados anteriormente.

Além das restrições de crédito, a maior cautela dos consumidores tem contribuído para o resfriamento da demanda, segundo o presidente da Anfavea, Jackson Schneider. Sem revelar projeções para 2009, o executivo afirmou, no entanto, que se o mercado mantiver o mesmo tamanho observado neste ano já será "muito bom".

Com o agravamento da crise financeira, o volume de crédito destinado à aquisição de automóveis registrou sua primeira queda mensal em outubro (-0,7%), com montante de R$ 136,6 bilhões em carteira. Ao mesmo tempo, o juro médio cresceu, passando de 23,8% ao ano em setembro para 24,8% anuais em outubro. Mesmo que discretamente, a inadimplência também avançou, de 3,8% para 3,9%. 

Leia tudo sobre: anfavea

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG