SÃO PAULO - Dessa vez por indisponibilidade de agenda da Bolsa de Valores do Rio de Janeiro, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) mudou novamente a data do leilão de linhas de transmissão do Complexo Hidrelétrico do rio Madeira (RO). Agora, a disputa, que ocorrerá na bolsa carioca, foi antecipada do dia 28 de novembro para o dia 26 do mesmo mês.

De acordo com o órgão regulador, as mudanças não afetarão o calendário de obras das usinas Santo Antônio e Jirau e nem o prazo para a assinatura dos contratos de concessão das linhas, previsto para janeiro de 2008.

O primeiro adiamento, quando o leilão passou de 31 de outubro para 28 de novembro, veio ao encontro do desejo de algumas empresas interessadas em participar do leilão, especialmente as estrangeiras que, diante da crise internacional, alegavam dificuldades para obter os financiamentos necessários para a entrada na disputa.

Dividido em sete lotes, o leilão irá licitar 2,375 mil quilômetros de linhas de transmissão , em um investimento que deve somar pelo menos R$ 7,2 bilhões.

(Murillo Camarotto | Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.