A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou hoje um reajuste médio de 18,51% nas tarifas de energia da Centrais Elétricas do Pará (Celpa), a vigorar a partir de quinta-feira (dia 7). Para os consumidores residenciais, o aumento será de 19,23%, enquanto as indústrias pagarão, na média, 16,95% a mais.

A Celpa fornece energia elétrica a cerca de 1,73 milhão de unidades de consumo, em 143 municípios paraenses.

Segundo a Aneel, dois fatores contribuíram para o reajuste: o acumulado do Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) nos últimos 12 meses até julho, que chegou a 15,12% - o índice é usado para repassar a inflação às tarifas de energia elétrica - e o repasse para as tarifas do custo adicional causado pela geração de energia em usinas termoelétricas, que vem ocorrendo desde o início do ano.

Espírito Santo

A Aneel também autorizou a aplicação de um reajuste médio de 7,13% nas tarifas da Espírito Santo Centrais Elétricas (Escelsa). O aumento também passa a vigorar a partir de quinta-feira.

Para os clientes residenciais, o aumento será de 6,96%. Para a indústria, 7,48%. A Excelsa abastece 1,4 milhão de unidades de consumo em 70 municípios do Estado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.