Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Anbid prevê crescimento de 20% para a indústria de fundos em 2009

SÃO PAULO - Se o comportamento dos investidores seguir a tendência das últimas crises, a indústria de fundos tende a se recuperar no ano que vem. Segundo avaliação de Alexandre Zákia, vice-presidente da Associação Nacional dos Bancos de Investimento (Anbid), considerando-se que o pior da crise ficou para trás, poderia haver um crescimento de até 20% no patrimônio líquido da indústria em 2009.

Valor Online |

Para chegar a essa variação "conservadora", o executivo conta com a rentabilidade do juro básico de 13,75%, aumento de 3% por meio de captações e o restante com uma recuperação do mercado de ações. "Isso seria uma correção de estoques", diz Zákia.

Marcelo Giufrida, presidente da Anbid, lembra que as captações não pararam com a chegada da crise e que, embora os resgates tenham avançado com mais força recentemente, não é comum que a indústria de fundos tenha dois anos seguidos de encolhimento do patrimônio líquido.

"O ano de 2009 pode ser de recuperação", diz Zákia, lembrando ainda que há resiliência significativa no mercado de ações, onde os investidores locais percebem preços muito baixos. Segundo ele, em tempos de crise os investidores também tendem a poupar mais do que gastar, o que deve se refletir em aumento das captações.

(Bianca Ribeiro | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG