Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Anatel: mercado de TV paga deve crescer 18% em 2008

O superintendente de Comunicação de Massa da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Ara Minassian, previu hoje que o mercado de televisão por assinatura no Brasil fechará este ano com 18% de crescimento em relação ao ano passado. De acordo com essa previsão, no fim de 2008, o País terá 6,3 milhões de assinantes de TV paga, incluindo os segmentos de TV a cabo, via satélite (DTH) e por microondas terrestres (MMDS).

Agência Estado |

O crescimento de 2008 ficará acima da média dos últimos anos, que foi de 14%. Esse aquecimento se deve à entrada de novas prestadoras e à ampliação da oferta de pacote de serviços, juntamente com telefonia e internet em alta velocidade (banda larga).

Dos atuais 6 milhões de assinantes verificados em setembro deste ano, 60% são clientes dos serviços de TV a Cabo, 34% recebem o sinal pago via satélite e 6% usam a tecnologia MMDS. Na distribuição por grupos, a Net Brasil lidera, com 82% do mercado, segundo a Anatel.

Minassian disse que as redes de cabo têm disponíveis cerca de 15 milhões de pontos de acesso, mas que somente pouco mais de 3,6 milhões são usados. "Há 11,3 milhões de pontos sem uso", afirmou. Segundo ele, é necessário pensar em soluções para se oferecer pacotes específicos para as camadas mais baixas da população, com preços mais baixos.

A Anatel, de acordo com o superintendente, está estudando a retomada das licitações de licenças para ampliar o número de municípios atendidos pelo serviço. Hoje, apenas 471 municípios têm acesso à TV por assinatura. "Queremos ter o serviço em 5 mil municípios", afirmou.

Minassian participa de audiência pública da Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara para discutir o projeto de Lei 29/2007, que estabelece novas regras para o setor de TV por assinatura. A comissão fará outras três audiências públicas ainda este mês.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG