Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Analistas esperam variação de 6,01% no IPCA em 2008

SÃO PAULO - Os analistas consultados pelo Banco Central (BC) mantiveram praticamente estáveis as estimativas relativas ao Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2008 e 2009. Para este ano, a previsão caiu ligeiramente, de 6,03% para 6,01% - abaixo do teto da meta de inflação, de 6,5%.

Valor Online |

O dado oficial sai na sexta-feira. A mediana das expectativas para o IPCA de 2009 continuou em 5,00%.

De acordo com o Boletim Focus, que compila semanalmente as apostas de analistas de cem instituições financeiras, as projeções dos demais indicadores inflacionários ou ficaram estáveis ou caminharam para baixo. Em 2008, o IGP-DI deve aumentar 9,54% e o IPC da Fipe, 6,35%, previsões menores do que as da semana anterior, de 9,58% e 6,43%. Para 2009, a projeção de alta do IGP-DI permaneceu em 5,5%. A do IGP-M caiu de 5,5% para 5,26% e a do IPC da Fipe recuou de 4,77% para 4,72%.

Para o último mês de 2008, o mercado diminuiu as previsões para o IPCA (de 0,40% para 0,38%), o IPC da Fipe (0,40% para 0,31%) e para o IGP-DI (zero para deflação de 0,04%)
Também reduziu as estimativas para os indicadores inflacionários referentes a janeiro de 2009. A projeção do IGP-DI caiu de 0,36% para 0,30% na última semana de 2008. No IPCA, a expectativa passou de 0,45% para 0,42%. No IGP-M, de 0,35% para 0,30%, e no IPC da Fipe, de 0,52% para 0,50%.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG