Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Analistas avaliam impacto da vitória de Obama na economia

CINGAPURA (REUTERS) - O democrata Barack Obama ganhou a eleição presidencial norte-americana na terça-feira, segundo projeções da mídia dos Estados Unidos, derrotando o republicano John McCain para se tornar o primeiro presidente negro da história dos Estados Unidos. A seguir comentários de analistas:

Reuters |

MARK FREEMAN, VICE-PRESIDENTE SÊNIOR, WESTWOOD HOLDINGS

GROUP, DALLAS, TEXAS

"Em última instância, o que os mercados gostam é de clareza e é isso que eles estão tendo aqui. Na margem isso é positivo e foi refletido no movimento dos preços hoje.

Eu acho que está saindo como os mercados esperavam. Parece que todos estavam esperando os resultados que estamos vendo nesta noite."

HAAG SHERMAN, CO-FUNDADOR E GERENTE DIRITOR, SALIENTE

PARTNERS, HOUSTON, TEXAS:

"Os mercados em geral têm entusiasmo em relação à eleição de Obama. Eu acho que o tom será muito diferente do que foi no último governo."

DARIUSZ KOWALCZYK, ESTRATEGISTA-CHEFE DE INVESTIMENTO, CFC

SEYMOUR, HONG KONG

"A economia dos Estados Unidos está entrando em recessão. Vai continuar o afrouxamento da política monetária e da política fiscal. Isso iria acontecer com qualquer um dos dois como presidente. A única diferença é para onde irá o gasto. Supostamente sob o comando de McCain mais recursos iriam para uso militar e para o alívio no pagamento das hipotecas, enquanto num governo Obama provavelmente seria dado um incentivo fiscal para a população de baixa renda. Em termos orçamentários o resultado é similar e por isso eu acho que no médio e no longo prazo o resultado não irá influenciar muito os mercados. "

DARREN HEATHCOTE , INVESTEC AUSTRALIA, SYDNEY:

"Eu continuo não acreditando que o mercado particularmente sabe o efeito no longo prazo para o dólar por conta de quem vencer as eleições. "

Leia tudo sobre: crise financeira

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG