Tamanho do texto

SÃO PAULO - A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) agendou para a próxima segunda-feira a redistribuição de 355 horários de pousos e decolagens no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo. Seis empresas poderão participar do processo, segundo comunicado da Anac: TAM, Gol e OceanAir, que já operam no aeroporto, e NHT, WebJet e Azul.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237561508773&_c_=MiGComponente_C

A Anac tenta distribuir slots sem uso no aeroporto mais movimentado do país desde o início de fevereiro, mas o processo foi adiado algumas vezes devido ao esforço na Justiça da Pantanal, que foi comprada pela TAM, para manter 61 slots que a agência pretende redistribuir.

Na quarta-feira, a Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu por unanimidade autorizar a Anac a distribuir os espaços de pousos e decolagens da Pantanal, que foram perdidos devido a um número de cancelamentos superior ao permitido pela regulamentação.

Durante a distribuição, cada empresa escolherá de dois até 14 slots por vez, e a sessão será encerrada quando todos os slots forem distribuídos, de acordo com a Anac.

A parcela mais atrativa refere-se a 40 dos 61 slots que atualmente estão com a Pantanal, para pousos e decolagens em dias úteis da semana.

Esses horários "são os de maior movimento e interesse de todas as companhias aéreas, devido ao perfil de viagens de negócios que predomina em Congonhas", informou a Anac em comunicado anterior.

Leia mais sobre Congonhas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.