#145;Se pudesse, compraria à vista #146; - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

#145;Se pudesse, compraria à vista#146;

As más condições de financiamento e a perspectiva de um futuro menos próspero levaram o vendedor Anselmo Augusto Fernandes a reduzir as compras de Natal. Em vez de gastar R$ 1.

Agência Estado |

700 num conjunto de sofás novos, ele vai restaurar o que tem. "A reforma vai sair por R$ 480 à vista."

Fernandes fornece alimentos e bebidas para pequenas lanchonetes e teve uma queda de 30% no faturamento ao longo do ano. Ele e a cunhada Sandra Kunreuther foram quinta ao Super Casas Bahia procurar um refrigerador para a mãe, Irene. "Se pudesse, compraria a geladeira à vista, mas só tenho o suficiente para adiantar 20%", diz. Ele tenta fugir de parcelamentos. "À vista sempre tem desconto."

O casal de funcionários públicos Anselmo Rodrigo Ricardo, de 47 anos, e Magali da Silva Ricardo, de 45, só vão comprar dois televisores porque os que tinham pifaram simultaneamente. "A TV da cozinha e do nosso quarto queimaram e agora estamos usando a do nosso filho", diz Ricardo.

Ele afirma que no início do ano, planejava comprar um fogão e um aspirador de pó. "Mas agora o parcelamento está mais caro e é preciso ter muita cautela na hora de comprar", afirma.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG