#145;Estado #146; é o jornal que mais respeita o consumidor - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

#145;Estado#146; é o jornal que mais respeita o consumidor

A pesquisa Empresas que mais respeitam o consumidor, preparada pelo instituto TNS InterScience a pedido da revista Consumidor Moderno, aponta novamente este ano o jornal O Estado de S. Paulo na liderança na categoria jornais.

Agência Estado |

São avaliadas 41 categorias, entre fabricantes de bens de consumo, distribuidores de combustível, lojas de artigos esportivos, redes varejistas, farmácias, operadoras de telefonia e empresas prestadoras de serviços de saúde, entre outras. O levantamento tem amplitude nacional e, assim como na edição passada, entrevistou 1.250 pessoas de todas as classes sociais em cinco cidades: São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte e Recife.

A característica principal dessa pesquisa, voltada para o universo do consumidor, é o fato de os participantes responderam apenas perguntas relacionadas às categorias com as quais têm familiaridade. No geral, respondem sobre oito das 41 categorias consideradas. Entre os atributos que avaliam, estão desde as qualidades intrínsecas aos produtos até mesmo a questões de ética da propaganda, assim como a sua atuação em relação à responsabilidade ambiental e social.

Desde a última edição, no ano passado, tem ficado cada vez mais nítido para os organizadores da pesquisa a existência de um consumidor mais crítico, participativo e exigente no que se refere aos seus direitos de cidadão.

No ranking que avalia os aspectos que são indispensáveis para que a empresa seja vista como uma das que mais respeitam o consumidor, há uma escala que vai de "nada importante" a "muito importante", passando por "indiferente" e "pouco importante".

Nessa escala, lideram as escolhas dos entrevistados da atual edição os itens: qualidade dos produtos e serviços (67% das respostas); atendimento (65%); preço (62%): responsabilidade ambiental (42%); responsabilidade social (41%); monitoramento da satisfação dos clientes (39%); e propaganda (36%).

A categoria jornais foi incorporada ao levantamento somente no ano passado, quando o Estado também liderou entre os concorrentes pesquisados. O levantamento vem sendo realizado há seis anos e o resultado detalhado, com todas as 41 categorias estudadas, será divulgado na edição de dezembro da revista Consumidor Moderno.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG