Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

América Móvil tem alta de 32% no lucro; receita da Claro cresce 16%

A companhia de telefonia móvel mexicana América Móvil, controladora da Claro no Brasil, registrou aumento de 32% no lucro líquido do terceiro trimestre deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado, para 12,4 bilhões de pesos mexicanos (US$ 1,14 bilhão). O resultado foi impulsionado pelo aumento das vendas e pelo forte crescimento do número de assinantes.

Agência Estado |

A receita da Claro no trimestre cresceu 16%, para R$ 2,9 bilhões, ante R$ 2,5 bilhões no terceiro trimestre de 2007. Nos nove primeiros meses do ano, a receita da unidade brasileira subiu 18,5%, para R$ 8,4 bilhões, em comparação com R$ 7,1 bilhões do mesmo período do ano passado. Na comparação trimestral, a quantidade de assinantes do braço do grupo no Brasil aumentou de 27,5%, para 35,6 milhões. A América Móvil não informou em seu resultado o lucro no mercado brasileiro.

A América Móvil, que é a líder em telefonia móvel da América Latina, com operações em 16 países, informou que sua receita cresceu 9,8% em relação ao terceiro trimestre de 2007, para 85,3 bilhões de pesos mexicanos (US$ 6,57 bilhões). O Ebitda no período subiu 9,3%, para 34,9 bilhões de pesos (US$ 2,68 bilhões).

Os resultados ficaram levemente abaixo da previsão dos analistas, que era de 14,4 bilhões de pesos em lucro líquido, receita de 86,9 bilhões de pesos e Ebitda de 35,7 bilhões de pesos.

A companhia acrescentou 7,3 milhões de assinantes a seus serviços no trimestre, levando o total da empresa para 172,6 milhões no fim de setembro. O Brasil liderou o aumento do número de assinantes, com 2,6 milhões de novos clientes da Claro, seguido por México, com 1,5 milhão, e Colômbia, com 1,2 milhão. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG