Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

América Móvil lucra mais no trimestre; Brasil lidera adições de clientes

SÃO PAULO - A América Móvil registrou um aumento de 25,3% no lucro líquido entre abril e junho deste ano, para 17,659 bilhões de pesos mexicanos (US$ 1,7 bilhão), ante os 14,094 bilhões de pesos. O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização ficou em 34,686 bilhões de pesos, com elevação de 13,7%.

Valor Online |

A empresa mexicana de telefonia celular, controladora da Claro no Brasil, adicionou 6,1 milhões de clientes no segundo trimestre, excedendo em 1,9% aqueles obtidos em mesmo período de 2007. No primeiro semestre, foram acrescidos 11,9 milhões de assinantes à base, totalizando 165,3 milhões de usuários no fim de junho, ou 20,4% a mais do que um ano antes.

O Brasil liderou o caminho em adições líquidas, com 1,9 milhão, seguido pelo México, com 1,3 milhão, e Colômbia, com 1,1 milhão. Todos eles ultrapassaram as marcas de um ano atrás, declarou a América Móvil em nota.

Nas operações sul-americanas, que já respondem por 54% da base consolidada de clientes, a América Móvil continuou a mostrar rápidas taxas de crescimento, com destaque para o Brasil. Neste país, com a adição de 1,9 milhão de clientes no segundo trimestre, a companhia superou em 17,4% o dado registrado um ano antes. Nos seis meses até junho, foram somados 2,9 milhões de clientes à base, levando a base brasileira de clientes para 33,1 milhões, uma elevação de 26,1% ante um ano antes.

No Brasil, a empresa obteve receitas de R$ 2,8 bilhões no segundo trimestre, com elevação de 17,2% no comparativo anual. As receitas de serviço expandiram-se 18,7%. O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização aumentou 8,2%, para R$ 650 milhões.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG