Tamanho do texto

O crescimento econômico da América Latina em 2009 dificilmente chegará a 3%, e em 2008 não atingirá a previsão de 4,5% devido à atual crise financeira internacional, advertiu nesta segunda-feira, no México, a Comissão Econômica para a América Latina (CEPAL).

sem/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.