Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Alta recorde do petróleo derruba maioria das asiáticas

A maioria das Bolsas da Ásia voltou a sofrer queda, fundamentalmente devido à alta recorde do petróleo, que ameaça afetar os ganhos e desacelerar os gastos dos consumidores. Esta semana foi pontuada pelos temores com a estagflação e a deterioração do sentimento depois que o índice Dow Jones entrou no chamado mercado do urso.

Agência Estado |

 

Na Bolsa de Hong Kong, a recuperação de algumas blue chips e uma previsão de alta dos lucros do Banco de Indústria e Comércio da China (ICBC, na sigla em inglês) animaram o mercado de ações. O índice Hang Seng subiu 0,85% e fechou aos 21.423,82 pontos. As ações da China Mobile subiram 2%.

Nas Bolsa da China, o declínio das refinarias por conta da alta do petróleo passou por cima dos ganhos dos bancos depois que duas instituições líderes previram altas fortes nos lucros do primeiro semestre. O índice Shanghai Composto teve queda de 1,2% e fechou aos 2.669,89 pontos. Já o Shenzhen Composto caiu 0,6% e fechou aos 807,19 pontos. Yuan - Fortes altas do dólar ante o euro empurraram o yuan ao fechamento em baixa ante a moeda americana. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,8589 yuans, acima da última cotação de quinta-feira, que foi de 6,8510 yuans.

Na Coréia do Sul, o índice Kospi da Bolsa de Seul teve queda de 1,8% e fechou aos 1.577,94 pontos, o mais baixo nível desde 17 de março. Em Taiwan, o índice Taiwan Weighted da Bolsa de Taipé sofreu baixa de 2,2% e fechou aos 7.228,41 pontos - patamar mais baixo desde 14 de novembro de 2006. Nas Filipinas, o mercado de ações voltou a fechar em alta após cinco dias consecutivos de perdas. O PSE Composto da Bolsa de Manila teve alta de 1,3% e fechou aos 2.369,21 pontos. Empresas do setor financeiro e de mineração contribuíram para uma vigorosa recuperação do mercado australiano de ações, e o índice S&P/ASX 200 da Bolsa de Sydney apresentou alta de 1,7% e fechou aos 5.082,1 pontos. As ações da Rio Tinto subiram 3,1% e as da BHP Billiton, 2,2%.

A Bolsa de Cingapura foi estimulada pela alta do Dow Jones e o índice Strait Times subiu 0,4% e fechou aos 2.892,54 pontos. O mercado tailandês também subiu, mas a retomada da manhã foi contraída por realizações de lucros de curto prazo na parte da tarde. O índice SET da Bolsa de Bangcoc teve alta de 0,1% e fechou aos 743,03 pontos. O mercado indonésio também teve alta, devido à recuperação dos papéis de empresas de mineração e às blue chips de bancos. O índice composto da Bolsa de Jacarta subiu 1,2% e fechou aos 2.314,75 pontos. Depois de ficar um dia todo sem operar devido a um defeito técnico, a Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, teve baixa,devido a uma soma de questões políticas locais negativas com incertezas quanto à economia local e global. O índice composto de cem blue chips caiu 1,7% e fechou aos 1.134,14 pontos. As informações são da Dow Jones

Leia tudo sobre: bolsa de valores

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG