A maioria dos mercados da Ásia fechou novamente em alta nesta quarta-feira, desta vez estimulados pelos bons resultados apresentados pelas Bolsas de Nova York. O setor financeiro se destacou e fatores internos de cada país também pesaram no desempenho.

A contínua valorização do gigante bancário HSBC também levou a Bolsa de Hong Kong a fechar em elevação. No entanto, houve queda em ações de empresas do setor público, por conta de vendas especulativas por parte dos investidores. O índice Hang Seng subiu 239,08 pontos, ou 1,9%, e encerrou aos 13.117,17 pontos.

As esperanças de que Pequim possa lançar medidas adicionais de estímulo econômico antes da reunião do G-20, no início do mês que vem, fizeram as Bolsas da China fecharem em alta pela terceira sessão seguida. O índice Xangai Composto ganhou 0,2% e encerrou aos 2.223,73 pontos. O Shenzhen Composto subiu 1,1% e terminou aos 737,43 pontos.

A nova desvalorização do dólar em relação ao euro levou o yuan a apresentar alta sobre a moeda norte-americana pelo segundo dia consecutivo. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,8347 yuans, de 6,8372 yuans do fechamento de terça-feira.

Apesar da sessão oscilante, a Bolsa de Taipé, em Taiwan, se manteve em alta. O índice Taiwan Weighted subiu 0,1% e terminou aos 5.047,54 pontos, a maior pontuação desde 16 de outubro.

Na Coreia do Sul, o índice Kospi da Bolsa de Seul teve alta de 0,5% e encerrou aos 1.169,95 pontos.

A queda nas ações do setor de matérias-primas pressionou para baixo o mercado australiano. O índice S&P/ASX 200 da Bolsa de Sydney recuou 0,2% e fechou aos 3.446,3 pontos.

O índice PSE da Bolsa de Manila, nas Filipinas, encerrou uma sequência de quatro dias de perdas e avançou 0,6%, fechando aos 1.770,20 pontos.

A Bolsa de Cingapura encerrou em alta, ajudada pelo rali nos EUA, assim como devido aos favoráveis indicadores técnicos. O índice Straits Times subiu 1,1% e fechou aos 1.575,94 pontos.

Na Indonésia, o índice composto da Bolsa de Jacarta subiu 0,8% e fechou aos 1.322,83 pontos, ajudado pela valorização da moeda e pelos ganhos nos demais mercados asiáticos.

O índice SET da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, subiu 0,9% e fechou aos 426,20 pontos, com o sentimento otimista devido à alta nos demais mercados regionais e à alta dos preços do petróleo que elevou a cotação das peso pesados de energia.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, subiu 0,7% e fechou aos 847,96 pontos, em linha com os demais mercados regionais, liderado por ações financeiras e de construção. As informações são da Dow Jones

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.