SÃO PAULO - A Alstom assinou contrato com a Desenvix, subsidiária do grupo Engevix, para a construção de um complexo para geração de energia eólica na Bahia estimado em 100 milhões de euros. O complexo de Brotas será formado por três parques eólicos - Macaúbas, Novo Horizonte e Seabra -, que devem gerar 90 megawatts (MW), informou hoje o grupo industrial francês.

SÃO PAULO - A Alstom assinou contrato com a Desenvix, subsidiária do grupo Engevix, para a construção de um complexo para geração de energia eólica na Bahia estimado em 100 milhões de euros. O complexo de Brotas será formado por três parques eólicos - Macaúbas, Novo Horizonte e Seabra -, que devem gerar 90 megawatts (MW), informou hoje o grupo industrial francês. Segundo o contrato, a Alstom vai fornecer 57 turbinas, feitas com componentes que serão fabricados na Espanha e no Brasil. Este é o primeiro projeto conjunto da Alstom e Engevix no mercado de energia eólica brasileiro, disse o vice-presidente da Alstom Wind, Alfonso Faubel. "Isso fortalece o relacionamento entre as duas empresas no setor de energia renovável e confirma a posição da Alstom no país do mercado de energia eólica", sustentou. As negociações entre a companhia e o governo baiano tiveram início em dezembro do ano passado, quando foi assinado um memorando de entendimento para instalar a primeira fábrica de linha de produção no Brasil, localizada em Camaçari, que estará completamente operacional em meados de 2011. As informações estão disponíveis na página eletrônica da Alstom. (Ana Luísa Westphalen | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.