Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

ALL, Sindicom e usinas investem R$ 104 mi em logística

Ribeirão Preto, 11 - A América Latina Logística (ALL) informou hoje que firmou parceria inédita com o Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Combustíveis e Lubrificantes (Sindicom) e com grupos sucroalcooleiros de São Paulo que prevê investimentos de R$ 104 milhões em logística para a captação e distribuição do combustível no Estado. A parceria prevê a instalação de 11 centros coletores distribuídos em pontos estratégicos nas principais regiões produtoras de São Paulo, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, além de estrutura de descarga ferroviária na Refinaria Planalto Paulista (Replan), em Paulínia (SP).

Agência Estado |

A operação marca a estréia da movimentação de álcool na malha da antiga Brasil Ferrovias, adquirida pela ALL em 2006 com as concessões da Ferroban, Ferronorte e Novoeste.

A ferrovia deve movimentar 1 bilhão de litros de álcool com destino ao mercado de São Paulo e região, em 2009, podendo chegar a 2 milhões por ano até 2010, de acordo com a ALL. A operação conta ainda com 250 novos vagões-tanque, com capacidade para 103 mil litros de combustível, dedicados para a captação de carga nos pontos coletores instalados nas regiões paulistas de Fernandópolis, São José do Rio Preto, Uchoa, Araraquara, Pradópolis, Passagem, Bauru, Araçatuba e Andradina, além de Alto Taquari (MT) e Chapadão do Sul (MS). Também é construída a infra-estrutura para descarga ferroviária e ramal ferroviário na Replan, cujas obras serão concluídas em setembro.

Segundo a ALL, a parceria vai otimizar a frota ferroviária, já que a movimentação do álcool terá como carga de retorno gasolina e diesel. Atualmente, a ALL opera 170 milhões de litros por mês desses derivados de petróleo captados na Replan, em Paulínia, com destino ao interior dos três Estados onde a linha férrea operará com o álcool. Estes vagões, que antes retornavam vazios para captação, partirão carregados com o álcool produzido no interior, completando o ciclo dos ativos e reduzindo o custo operacional, o que torna o frete mais atrativo e a ferrovia mais competitiva.

"Ingressamos em um mercado em expansão, que será atendido com uma base de capacidade ociosa, ofertando ao mercado uma logística mais produtiva e de baixo custo", informou o responsável pela Unidade de Líquidos da ALL, Eduardo Fares. "O principal desafio do projeto foi convencer grupos produtores a mudar sua matriz modal, investir em infra-estrutura ferroviária no interior e conciliar os interesses das empresas que compõe Sindicom, possibilitando a instalação de infra-estrutura de descarga própria na refinaria", completou.

Distribuidoras

A Replan concentra um pool de distribuidoras formado pelas bandeiras BR, Shell, Esso, Texaco, Ipiranga, Repsol. Entre os principais produtores parceiros da ALL no projeto estão os grupos Copersucar, Cosan, CrystalSev, Guarani, Moema, Cerradinho, Coruripe e São Martinho. O Estado de São Paulo produz cerca de 75% do álcool brasileiro, com 24 bilhões de litros anuais. Deste volume, exporta aproximadamente 4 bilhões de litros e consome no mercado interno outros 20 bilhões.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG