Nova York, 29 abr (EFE).- O índice Dow Jones Industrial, de referência na Bolsa de Nova York, fechou hoje em alta de 1,11%, impulsionado por dados empresariais favoráveis, a queda no número de pedidos de auxílio-desemprego nos Estados Unidos e um certo alívio em torno da Grécia.

Nova York, 29 abr (EFE).- O índice Dow Jones Industrial, de referência na Bolsa de Nova York, fechou hoje em alta de 1,11%, impulsionado por dados empresariais favoráveis, a queda no número de pedidos de auxílio-desemprego nos Estados Unidos e um certo alívio em torno da Grécia. O indicador seletivo S&P 500 subiu 1,29%, aos 1.206,78 pontos, e o índice da Nasdaq ganhou 1,63%, para 2.511,92. O setor de empresas de equipamento (2,19%), o industrial (1,9%) e o financeiro (1,82%) tiveram um pregão mais favorável que os demais. Já o setor de energia registrou recuo de 0,05%. American Express (3,3%), Bank of América (2,92%), General Electric (2,85%), Dupont (2,81%), Caterpillar (2,58%), Disney (2,56%), Chevron (2,07%) e as farmacêuticas Merck e Pfizer (2% cada) alcançaram os avanços mais notórios entre as companhias incluídas no Dow. Apenas três integrantes das 30 empresas que formam o índice fecharam no negativo. A queda mais aguda foi nos papéis da Procter & Gamble (-1,54%). Também fecharam com perdas Exxon Mobil (-0,77%) e Hewlett-Packard (-0,75%). No mercado secundário da dívida, o valor dos bônus do Tesouro com resgate em dez anos subiu, e sua rentabilidade, que se movimenta em sentido contrário, foi para 3,73%. EFE vm/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.