Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Alitalia: maior sindicato italiano aceita venda da companhia

A CGIL, primeira central sindical italiana, que vinha resistindo à compra da companhia aérea Alitalia por acionistas italianos, aprovou a operação nesta quinta-feira, afirmou a agência de notícias Ansa.

AFP |

O sindicato deu seu acordo durante uma reunião com o governo, na qual participaram também três outras confederações sindicais da Alitalia (UIL, CISL e UGL) que já tinham aceitado a venda da empresa, à beira da falência, semana passada.

O acordo deve ainda ser assinado pelas quatro confederações.

Os cinco outros sindicatos da Alitalia, que representam os pilotos e o pessoal de navegação, não estavam presentes nesta reunião, o que gera incertezas sobre a aplicação do plano de resgate.

Os empresários italianos interessados na compra da empresa, reunidos na Companhia Aérea Italiana (CAI), haviam retirado sua oferta na quinta-feira passada, devido à hostilidade da CGIL e dos sindicatos de pilotos e pessoal de navegação.

Mas eles aceitaram voltar atrás, após mediação do governo italiano, que conseguiu relançar as negociações.

mg/lm/fp

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG