Roma, 24 nov (EFE).- A Alitalia reduzirá de maneira consistente seus vôos nacionais e internacionais a partir da próxima quarta-feira, 26 de novembro, e durante as próximas duas semanas, mas os serviços intercontinentais não sofrerão variações, afirmou hoje a companhia aérea italiana em comunicado de imprensa.

A Alitalia tomou esta decisão para "evitar problemas em suas operações e nos aeroportos, assim como para reduzir ao máximo os inconvenientes a seus clientes, assegurando toda certeza sobre seus vôos", diz a nota.

O anúncio foi feito minutos depois de o comissário extraordinário da Alitalia, Augusto Fantozzi, revelar em um encontro econômico em Roma a intenção da companhia aérea de reduzir seus vôos para garantir sua operabilidade.

"Nestas últimas duas semanas de transição, com o mal-estar do pessoal de vôo que aumenta e perante as turbulências, a Alitalia se viu obrigada a reduzir ainda um pouco mais seus vôos para manter os vôos regulares e dar segurança a quem voa", disse Fantozzi.

A companhia garantiu que os passageiros que tenham bilhetes para os vôos que serão cancelados nos próximos dias serão realocados.

Este anúncio de redução no número de vôos chega na véspera da greve de 24 horas convocada por sindicatos das companhias aéreas Alitalia, Air One, Meridiana e Eurofly que se opõem à oferta da Companhia Aérea Italiana (CAI) pela Alitalia. EFE mcs/ab/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.