Tamanho do texto

De olho no crescimento das vendas de veículos no País, os Estados querem elevar a alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) dos automóveis. A proposta deverá ser debatida na próxima reunião do Conselho de Política Fazendária (Confaz), em setembro.

O assunto já está em análise nas comissões técnica do colegiado, formado por todos os secretários estaduais de Fazenda e representantes do governo federal.

Nos Estados do Nordeste, a proposta foi debatida no mês passado e já é consenso, segundo o secretário de Fazenda de Pernambuco, Djalmo Leão. Ele lembra que, na década de 90, os Estados reduziram a alíquota de 17% para 12% para incentivar os investimentos na indústria automobilística. "Hoje a situação é diferente; as metrópoles estão com o trânsito estrangulado e a indústria está com o vento a favor", disse. Ele defende a volta da alíquota de 17%.

O ministro do Desenvolvimento, Miguel Jorge, é contra. "Precisamos parar com essa brincadeira de subir e baixar imposto. Quando está vendendo, aumenta imposto, quando não está vendendo, reduz imposto. Isso se chama oportunismo."

Leia mais sobre ICMS

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.