Não podemos brincar com o Orçamento - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Alencar: Não podemos brincar com o Orçamento

O vice-presidente da República, José Alencar, se mostrou cauteloso ao comentar hoje a informação de que a possibilidade de redução de impostos está entre as medidas que o governo poderá anunciar para combater no País os efeitos da crise financeira internacional. Isso tem que ser examinado, levando-se em conta o fato de que não podemos brincar com o Orçamento e a questão fiscal, afirmou.

Agência Estado |

Segundo ele, é preciso haver equilíbrio, para se manter a inflação sob controle. "Se houver déficit fiscal, isso pode prejudicar a sustentação brasileira de combate à inflação. Precisamos cuidar do equilíbrio orçamentário e, sempre que houver condição, reduzir a carga tributária."

A uma pergunta se o governo tem como adotar medidas para evitar desemprego no País, Alencar respondeu: "Tem: investimento. E, para que haja investimento, nós estamos lutando há mil anos para que os juros caiam."

Um repórter lhe perguntou se as empresas de sua família (Coteminas) estão enfrentando problemas por causa da crise financeira internacional, e o vice respondeu: "A gente exporta mais para os Estados Unidos, e lá caiu muito. Mas o mercado brasileiro tem crescido."

Alencar disse que tem solicitado aos empresários do País que evitem demitir trabalhadores. "Tenho feito esse apelo. Quando ocorre retração de negócios tem de haver ajustes nas empresas, mas queremos solicitar que esses ajustes não comecem pela dispensa de um pai de família - às vezes, com certa idade - porque ele pode não ter nova chance. Então, é preciso que as empresas façam todo o possível e, só em último extremo, dispensem pessoas."

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG