Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Alemanha entra em recessão com queda de 0,5% no PIB

O superávit fiscal da China em outubro foi de 118,58 bilhões de yuans (US$ 17,36 bilhões), levando o acumulado dos dez primeiros meses do ano para 1,370 trilhão de yuans (US$ 200,568 bilhões), informou o Ministério das Finanças. No mês passado, a receita fiscal totalizou 532,90 bilhões de yuans (US$ 78 milhões), 0,3% abaixo da verificada em outubro de 2007, enquanto os gastos do governo aumentaram 16,4% na mesma comparação, para 414,32 bilhões de yuans (US$ 60,6 milhões).

Agência Estado |

Segundo o Ministério, a arrecadação do governo central diminuiu 8,4% em outubro, para 277,64 bilhões de yuans (US$ 40,6 milhões). A queda foi atribuída pelo órgão à desaceleração da economia, à diminuição do lucro das empresas e ás isenções fiscais destinadas a ajudar as empresas a atravessarem tempos difíceis. A produção industrial de valor agregado cresceu 8,2% em relação a outubro de 2007, segundo informou num comunicado o Escritório Nacional de Estatísticas. Em setembro, a expansão havia sido de 11,4%.

A elevação dos gastos do governo reduziu o confortável superávit fiscal que permitiu aos formuladores de políticas públicas anunciar no último domingo um plano de estímulo fiscal de 4 trilhões de yuans (US$ 560 bilhões). As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG