Tamanho do texto

Berlim, 30 abr (EFE).- O Governo alemão insistiu hoje que os casos da Espanha e Portugal não são comparáveis ao da Grécia já que os dados básicos desses dois países são bastante melhores, da mesma forma que o desenvolvimento que tiveram nos últimos dez anos.

Berlim, 30 abr (EFE).- O Governo alemão insistiu hoje que os casos da Espanha e Portugal não são comparáveis ao da Grécia já que os dados básicos desses dois países são bastante melhores, da mesma forma que o desenvolvimento que tiveram nos últimos dez anos. "Não é possível equiparar Espanha e Portugal com a Grécia", disse um porta-voz do Ministério das Finanças ao ser perguntado se o Governo já mantém conversas com esses dois países diante de uma crise similar à grega. "A situação é melhor com relação aos dados básicos da dívida e ao déficit e também o desenvolvimento dos últimos dez anos foi completamente diferente", acrescentou a fonte. No comparecimento habitual dos porta-vozes dos ministérios diante da imprensa, se insistiu na posição de não iniciar o processo de aprovação parlamentar da ativação do plano de ajuda antes que haja um programa de ajuste do Fundo Monetário Internacional (FMI). EFE rz/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.