A chanceler alemã, Angela Merkel, apresentou nesta quarta-feira o segundo plano contra a crise econômica, no valor de 50 bilhões de euros. O pacote de valor mais alto da história da Alemanha associa investimentos públicos, apoio às empresas e cortes de impostos a serem distribuídos em dois anos.

"O plano, somado a nosso primeiro programa conjuntural, representa 1,5% do PIB (Produto Interno Bruto)." Merkel ressaltou que o plano é necessário para enfrentar uma situação que não ocorreu devido a deficiências no sistema social e econômico alemão, mas por excessos nos mercados financeiros globais.

Leia mais sobre crise financeira

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.