Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Alemanha admite que economia cairá até 2,5% em 2009

Berlim, 17 jan (EFE).- O ministro da Economia alemão, Michael Glos, admitiu que a economia do país experimentará em 2009 um retrocesso de 2% a 2,5%, o que obrigará sua equipe a corrigir para baixo as previsões de crescimento.

EFE |

"O rendimento econômico cairá entre 2% e 2,5%", indicou o ministro, segundo a edição de amanha do jornal semana "Welt am Sonntag".

Além disso, Glos afirmou que não haverá um terceiro pacote para impulsionar a economia, após os dois já aprovados sucessivamente por seu Governo, os maiores na história do país.

As novas previsões sobre a evolução do Produto Interno Bruto (PIB) serão divulgadas na próxima quarta-feira, e segundo a imprensa alemã, haverá uma clara correção para baixo.

Até agora, o Governo acreditava ainda em um baixo crescimento de 0,2%. A economia alemã fechou 2008 em recessão no último semestre, devido em boa parte às repercussões da crise econômica internacional.

O PIB tinha retrocedido nos últimos trimestres do ano, mas, apesar disso, em 2008 registrou um crescimento de 1,3%, devido ao primeiro trimestre.

O resultado ficou abaixo da previsão do Governo, que esperava um crescimento de 1,7%, e foi claramente inferior ao obtido em 2006, quando o PIB alemão subiu 3,0%, e de 2007, quando houve um crescimento de 2,5%. EFE gc/mh

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG